Cardea

RESUMOS APROVADOS

CLIQUE AQUI PARA VIZUALIZAR A LISTA

APRE
SEN
TA
ÇÃO

O I Seminário Internacional sobre Patrimônio Histórico vem dar continuidade ao trabalho realizado pela Associação Victorino Fabião Vieira (AVFV) de debate e discussão interdisciplinar dos assuntos relacionados ao Patrimônio Histórico Arquitetônico.
Através do diálogo em âmbito internacional, entre as áreas de Educação e Legislação Patrimonial, Ciência da Restauração/Conservação e Turismo Cultural, a AVFV busca achar soluções práticas para os desafios da salvaguarda e manutenção do nosso Patrimônio Histórico.
O evento multidisciplinar contará com profissionais da Argentina, Chile, Colômbia, Espanha e Itália, todos com larga experiência internacional que irão fazer o contraponto com a nossa realidade através de estudos de casos locais comparados e debatidos em várias mesas temáticas.
A Associação Victorino Fabião Vieira tem como proposta possibilitar a toda a sociedade o contato com as pesquisas e trabalhos desenvolvidos nos meios acadêmico e profissional, para disseminar a cultura da preservação, possibilitando, assim, que cada cidadão possa ser um agente de transformação voltado a obtenção de uma cidade melhor. Para tanto, o evento está aberto a estudantes, leigos, acadêmicos e profissionais atuantes nas áreas de Arquitetura, Engenharia, Turismo, Educação, Direito, Museologia, Ciência da Conservação e áreas afins.

 

OR
GA
NI
ZA
ÇÃO

O I Seminário Internacional sobre Patrimônio Histórico é organizado pela Associação Victorino Fabião Vieira. O evento conta com a parceira da Escola da Advocacia-Geral da União/RS, IPHAN/RS e UFRGS.

COMISSÃO ORGANIZADORA
Presidente da Comissão Organizadora
Patrícia Trunfo
Membros
Lidia Garcia
Márcia Uggeri
Verônica Di Benedetti
COMISSÃO CIENTÍFICA
Presidente da Comissão Científica
Paulo Edi Rivero Martins (UFRGS)
Membros
Jeniffer Cuty (UFRGS)
Lucas Graeff (UNILASALLE)
Marcelo Schenk Duque(UFRGS)
Nelson Nemo Franchini Marisco(UFRGS)
Rudimar Baldissera (UFRGS)
Thiago Sevilhano (UFPel)

 

GRU
POS

TEMÁ
TICOS

O evento conta com quatro eixos temáticos. São eles:

Grupo 2: Educação patrimonial

• A formação de profissionais para atuarem com o patrimônio
• Comunidade e meio acadêmico, como lidamos com esta interação?
• A mídia e a educação patrimonial
• Percepção social do termo patrimônio

Grupo 3: Direito Ambiental Cultural

• Tratados e Convenções Internacionais sobre Cultura e Patrimônio;
• A Proteção Constitucional do Patrimônio Histórico;
• Normatização infraconstitucional federal, estadual e municipal;
• A Proteção do Patrimônio Histórico no Direito Comparado

Grupo 4: Turismo cultural

• Roteiros históricos e seus reflexos na economia local
• Patrimônio Histórico e sua relevância econômica.

SUB
MI
ÇÃO

O evento deste ano trará como novidade a submissão de artigos nos quatros grupos temáticos.
A submissão apresentará duas modalidades:
Para baixar o edital para submissão clique AQUI.
Datas importantes:
Prazo de Envio do Resumo: 30.04.2019, para o e-mail: seminario@avfv.org.br
Divulgação dos Resumos Selecionados: 13.05.2019 
Prazo de envio do Trabalho: 05.06.2019; 
Divulgação dos Trabalhos selecionados para Apresentação no Seminário e dos Trabalhos selecionados para Publicação nos Periódicos apontados: 05.07.2019; 
Comunicação dos locais de apresentação e das Revistas de Publicação por artigo:
05.08.2019;
Valor de Inscrição para participar da seleção: R$ 164,00 (a ser pago após a aprovação do resumo) – Obs. Os inscritos que tiverem seus resumos selecionados estarão isentos de taxa de inscrição para participar do Seminário – com o pagamento pela participação na seleção para apresentação de trabalhos, estarão automaticamente inscritos no Seminário.

 

INS
CRI
ÇÃO

Confira abaixo o período para realização das inscrições para participar do evento.
Modalidade Até 01/05/2019 A partir de 02/05/2019
Sociedade em geral R$ 92,00 R$ 128,00
Estudantes R$ 47,00 R$ 65,00
Profissionais R$ 92,00 R$ 128,00
Maiores de 65 anos R$ 47,00 R$ 65,00
Participação Virtual R$ 65,00 R$ 92,00
Associados AVFV isentos isentos

As inscrições deverão ser realizadas através da plataforma da Event Brite

 

PRO
GRA
MA
ÇÃO

Dia 04 de setembro de 2019

8h - Credenciamento

9h - Abertura do Evento – Autoridade Sisserone – Exmo. Sr. Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do RS, Dep. Luís Augusto Lara

9:20h– Painel de Abertura (9h10): - Considerações sobre a Lei de Proteção do Patrimônio Cultural de Bens Imóveis de Porto Alegre – a Lei dos Inventários – Patrícia Trunfo – Presidente da AVFV Presidente de Mesa: Eugênio Batesini – Advogado da União – Diretor da Escola da AGU no RS

10h - Intervalo

1º Painel (10:15): “O debate internacional sobre a valoração econômica do Patrimônio Cultural: algumas considerações éticas e econômicas"– Profª Dra. Cecília Santinelli (Itália)

(11:10): - Escultura Pública Nacional – Prof. Me. José Francisco Alves, Historiador e Escultor (RS). Presidente de mesa: Arquiteta Cristina Kauer

Intervalo – 12h

(14h): – Grupo de Trabalho: “Biodeterioração de arenitos na Redução Jesuítica de São Miguel Arcanjo: relato de experiência” Inaê Carolina Sfalcin

“A preservação do patrimônio cultural: semelhanças e diferenças no ensinoaprendizagem da disciplina nas universidades de Curitiba e Ferrara.” Fernanda Cé Bogucheski e Leticia Gutierrez Prochmann;

“O patrimônio em cidades novas: discussões memoriais e de desenvolvimento regional” - Maira Eveline Schmitz Coordenação: Profª Dra. Jeniffer Cuty

Intervalo – 15h

2º Painel (15:15) – (Educação Patrimonial) Projetos de cooperação internacional: programas educacionais em Restauração e Conservação do Patrimônio – Prof. Dr. Andrea Papi (Itália)

16:10h – Formação do arquiteto para conduzir projetos de restauração do patrimônio arquitetônico. Prof.ª Dr.ª Regina Tirello UNICAMP (SP)

Presidente de Mesa: Jorge Luís Stocker Júnior, Coordenador Adjunto do Núcleo RS do Icomos Brasil / Conselheiro no Conselho Estadual de Cultura.

17h – Palestra – (educação patrimonial) Progetto La Scuolla Adotta um Monumento - Mirella Stampa –– Fondazione Napoli Novantanove (Itália) Presidente de Mesa – Me. Verônica Di Benedetti – Arquiteta, Conselheira Cultura da AVFV.

17:50 - Encerramento

Dia 05 de setembro de 2019

1º Painel (9:00): Biodeterioração e outras patologias em edifícios da cidade: Cyanobacteria e Crosta Negra – Prof. Drª. Marcela Cedrola (Argentina).

9:50min – Os 280 anos das fortalezas da Ilha de Santa Catarina e os 40 de gestão desse patrimônio cultural pela UFSC – Arquiteto Roberto Tonéra (UFSC) Presidente de mesa: Profª Me. Hilda Simões Lopes Costa – Advogada e Socióloga

10:40h - Intervalo

(11h): – Grupo de Trabalho:

“Realidade Aumentada Aplicada Ao Patrimônio-Histórico Arquitetônico. Projeto de aplicativo para visualização dos prédios históricos da UFRGS” - Gilberto Balbela Consoni e Léa Maria Dornelles Japur;

“Um olhar sobre o patrimônio cultural de Ribeirão Preto: a Casa da Memória Italiana” - Nicole Aparecida Santos, Abbondanza Toth e Nainôra Maria Barbosa de Freitas;

“Os caminhos da Extensão Universitária: Preservando a Memória e o Patrimônio Cultural no Vale do Taquari / RS” - Jamile Maria da Silva Weizenmann;

“Direito do Patrimônio Cultural na Era da Informação: Bens Digitais e a Tutela Jurídica” - Adrian Gabriel Fideles Paixão e Bruna Teixeira Kai Coordenação: Prof. Me. Nelson Nemo Franchini Marisco - Procurador-Geral Adjunto de Domínio Público, Urbanismo e Meio-Ambiente de Porto Alegre

Intervalo – 12h

2º Painel (14h): Convenções da ONU sobre Proteção do Patrimônio Cultural – Referências de aplicabilidade na Europa e nas Américas – Prof. Dr. Mario Campora Professor de Direito Constitucional da Universidade de Buenos Aires; Secretario Letrado de La Corte Suprema de Justicia de La Nación Argentina (Argentina)

14:50: "O Direito de Propriedade na Filosofia Prática do jesuitismo e o instituto do "dominium" na formação da américa portuguesa"- Prof. Dr. Marcus Paulo Rycembel Boeira – Advogado (RS) Presidente de mesa: Prof. Dr. Daniel Martini - Coordenador do Centro de Apoio operacional de Defesa da Ordem Urbanística e Questões Fundiárias do Ministério Público do RS.

Intervalo – 15:40

3º Painel 16h – Restauro do Museu de Rio Grande – uma Nova Proposta Museográfica - Prof. Dr. Luís Fernando Rohden (RS)

16:50 – O patrimônio do futuro se constrói hoje – Prof. Me. Tiago Holzmann da Silva – Arquiteto – Presidente do CAU/RS Presidente de mesa: Dra. Patrícia Dall Aqua – Procuradora do Estado no RS

17:40 – Encerramento.

Dia 06 de setembro de 2019

1º Painel (9:00): As Missões Jesuíticas e sua influência na formação da Cultura Nacional - Prof. Dr. Luiz Antônio Bolcato Custódio

9:50min A Influência dos Jesuítas e Franciscanos na Conformação espacial e cultural da Mesopotamia Argentina, Paraguaia e Gaúcha – Prof. Dr. Norberto Levinton (Argentina) Presidente de mesa: Arquiteta Renata Galbinski Horowitz, Diretora do Iphae/RS

10:40h - Intervalo

(11h): – Grupo de Trabalho:

“Memória e patrimônio: a gestão da educação patrimonial na área de isolamento da obra de restauro da Igreja de São Francisco das Chagas” - Laís Soares Pereira Simon;

“A Experiência de mediação museal: interpretação patrimonial e percepção do Museu da Vila por empreendedores da comunidade do Coqueiro da Praia – PI” - Hanna Morgana de Deus Alves, Laline de Araújo Mendes, Mariana Luiza Bezerra Sampaio, Jéssica Santiago Correia, Rayla Fernanda de Meneses Marques;

“Oficina de percussão no bairro Coqueiro da Praia: diálogos e possibilidades musicais inseridos no patrimônio natural” - Sandro David Bezerra do Nascimento;

“Habitação como forma de preservação patrimonial e resgate dos centros históricos: Proposta para o Edifício Cauduro em Santa Maria – RS” - Renata Dalla Porta Fraga, Caryl Eduardo, Jovanovich Lopes Coordenação: Prof. Dr. Paulo Edi Rivero Martins

Intervalo – 12h

2º Painel (14h):– – La arquitectura que nos queda – Josep Maria Botey (Espanha) 14:50: Igreja das Dores: Patrimônio e Permanência". Arquiteto Urbanista Ms. Lucas B. Volpatto

Intervalo – 15:40

16:00 Palestra - Cultura no combate ao crime – Leonardo Giardin de Souza (Brasil) – Promotor de Justiça/RS Presidente de mesa: Marcia Uggeri Maraschin – Advogada da União

16:50 – Encerramento Especial!!!

 

 

PA
LES
TRAN
TES

Andrea Papi

Doutor em Química pela Universidade de Firenze em 1972.
De 1978 a 2004 è direttore academico do Instituto para Arte e Restauro ( Firenze) .
Desde 2004 trabalha como consultor no campo de projeto de laboratórios de restauro e de cursos de formação de restauradores em várias partes do mundo.  Tem em seu currículo projetos para as seguintes instituições: IILA (Istituto Italo-Latino Americano ): Brazil, Uruguay, Paraguay,  Cile, Ecuador, Cuba, Costa Rica,UNESCO• IILA (Instituto ítalo-latino-americano): Brasil, Uruguai, Paraguai, Chile, Equador, Cuba, Costa Rica, UNESCO: Bibliotheca Alexandrina, Alexandria, Egito;  Al Aqsa mesquita de Jerusalém; Iêmen; Istambul), Ministério das Relações Exteriores: Irã, Sérvia, Turquia, Paquistão, Chipre, Egito,  Ministério do Trabalho e Políticas Sociais: Brasil, Israel entre outras instituições no Japão, Chipre, México, Brasil

Cecilia Santinelli

Doutora em História da Arte e Conservação do Patrimônio Artístico. Especializada em Economia e Gestão do Patrimônio Cultural e de Museus pela Universidade de Economia de Florença. Ele vive e trabalha entre Florença e Roma. Atuou no Ministério do Patrimônio Cultural em atividades de turismo para a Biblioteca Nacional de Etnia e Patrimônio Italiano. Atuou no setor de antiguidades e é especialista em arte nno ramo de seguros internacionais. Lecionou nas seguintes disciplinas: "Técnicas de Conservação do Patrimônio Cultural", "Teoria de Ética e Restauração" e "Crítica de Restauração e Museologia" na Universidade de Florença.Desde 2004, tem sido um consultora sênior: museus, cultura e criatividade para várias instituições internacionais, entre elas: UNESCO atuando na Palestina, Israel, Líbia, Egito; e o IILA (Istituto Ítalo Latino Americano) no Brasil, Uruguai, Argentina, Peru, Chile, Equador, Cuba, Paraguai, Costa Rica. Para IILA tem organizado programas internacionais " Proteção do tráfego das obras de arte legais " em colaboração com o Património e il Ministero dei delle Attività culturali e Turismo (MIBACT) e a Polícia para a Proteção do Patrimônio Cultural (CC TPC).Possui diversas publicações sobre Museologia e conservação, turismo ambiental e patrimônio; e Gestão e valorização do património cultural.

José Francisco Alves

Prof. de Escultura do Atelier Livre Xico Stockinger, Doutor e Mestre em História e Crítica de Arte, Especialista em Gestão do Patrimônio Cultural. Membro da AICA, ICOMOS e ICOM. Mantém o site www.public.art.br. Possui vários publicações na área da história da arte.

Josep Maria Botey

Josep Maria Botey i Gomez nace en Granollers (Barcelona, Catalunya) el 19 de mayo de 1943. Estudia arquitectura en la Escuela de Arquitectura de Barcelona. Hasta el 1984 trabaja en colaboración con otros arquitectos e ingenieros. Crea en 1985 el estudio Josep Maria Botey S.L.P. Vinculado al mundo del teatro, interviene como escenógrafo y director de escena desde 1984. Escribe en diferentes periódicos locales y es colaborador cultural de la Biblioteca de la ciudad. De 1976 a 1983 participa en la dirección del Museo de Granollers. Organizador y profesor en diferentes cursos monográficos nacionales e internacionales, ha participado como ponente en diversas jornadas de Arquitectura y Urbanismo y, en calidad de profesor invitado, ha dado conferencias sobre temas de Patrimonio Arquitectónico y Energía Pasiva y Nuevas Ciudades en diferentes universidades de Europa, Oriente Medio y América i Japón . Invitado por la Bienal de Arquitectura de Buenos Aires, recibe por doce años consecutivos el premio a la mejor intervención patrimonial, y el Gubbio de Plata de América Latina y Caribe por la actuación en la Catedral de Pereira (Colombia)

Leonardo Giardin de Souza

Promotor de Justiça do MPRS desde o ano de 2004 Formado em Ciências Jurídicas e Sociais pela UFRGS (1999/2) Coautor do livro Bandidolatria e Democídio: Ensaios sobre Garantismo Penal e a Criminalidade no Brasil Prefaciador do livro Somos nós como uma voz, de Marcel Van Hattem Artigos publicados: Mentiras do Cárcere (coautor); A legalização definitiva da impunidade; Luigi Ferrajoli e a destruição do direito brasileiro; Garantismo penal: o cavalo de Tróia do sistema de justiça criminal brasileiro; Punitivismo, impunidade e impostura. Palestrante, conferencista e debatedor em programas de rádio e televisão na temática da criminalidade e segurança pública.

LUCAS BERNARDES VOLPATTO

É mestre em Arquitetura e Urbanismo - Arquitetura e Cidade : o Projeto como Investigação / Edificações Culturais - UniRitter / Mackenzie, pós graduado em Gestão e Prática de Obras de Conservação e Restauro do Patrimônio Edificado pelo CECI / UFPE e graduado em Arquitetura e Urbanismo pelo Centro universitário Ritter dos Reis (2008) onde atua como docente desde 2017 ministrando as disciplinas de Patrimônio e Restauro, Projeto de arquitetura e também de Rearquitetura no Curso de Especialização em Arquitetura de Interiores . Atua no Instituto de Arquitetos do Brasil Departamento RS como diretor Financeiro Adjunto, entidade pela qual também foi membro curador do FUMPOA (Fundo Monumenta Porto Alegre) e conselheiro do COMPAHC (Conselho Municipal de Patrimônio Histórico Cultural de Porto Alegre). É conselheiro convidado na Comissão Temporária de Patrimônio Histórico do CAU/RS ( Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul) e membro da CAAS ( Comissão Arquidiocesana de Arte Sacra de Porto Alegre) atuando na normatização de projetos para novas igrejas e no inventário do acervo histórico artístico da arquidiocese de Porto Alegre. É sócio fundador do Studio1 Arquitetura, atuando na área de projetos e execuções de conservação e restauro, atualização de espaços religiosos e em outras áreas da arquitetura. Entre os trabalhos técnicos que se destacam, a restauração da capela mor da Igreja Nossa Senhora das Dores, a reconstrução da Capela da Fundação o Pão dos Pobres de Santo Antônio, o projeto de restauração do edifício da Cúria Metropolitana e a restauração da Casa dos Azulejos da rua dos Andradas.

Luiz Antônio Bolcato Custódio

graduado em Arquitetura pela UFRGS; especializado em restauro de Monumentos no CECTI, Florença; Curso Patrimônio Mundial UNESCO/INAH, México; mestre em Planejamento Urbano e Regional pela UFRGS; doutor em História da Arte e Gestão Cultural na Universidade Pablo de Olavide, Sevilha; é arquiteto do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional onde foi Diretor Regional e Nacional; foi Coordenador da Memória Cultural de Porto Alegre; foi presidente do Comitê Nacional Brasileiro do ICOM; Pesquisador de arquitetura e urbanismo das Missões Jesuíticas dos Guarani.

Luiz Fernando Rohden

Formado em arquitetura, pela Universidade Federal do Rio grande do Sul (1981), Especialista em conservação e restauração de monumentos e conjuntos históricos, pela Universidade Federal da Bahia (1984), possui mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1996) e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia (2005). Pos doutor pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2013). Ex professor da Universidade Feevale e ex arquiteto do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em restauração e conservação de bens culturais, história da arquitetura e do urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: urbanismo, arquitetura, patrimônio, século xviii e século xix. Atualmente exerce suas atividades na empresa Recyklare.

Marcela Cedrola

Bioquímica pela Universidad de Buenos Aires ( UBA), possui vários e trabalhos na área da ciência da conservação de patrimônio histórico. Destaca o cargo de consultora científica no Departamento de restauração e Museu da Camara de Deputados da Argentina, Assessora científica Ad-Honorem da Comissão Nacional de Monumentos e Lugares Históricos da Argentina, Coordenação da Recuperação do Patrimônio Cultural- Ministério de Economia e Finanças da Argentina- Área técnica - pesquisa em análises químicas , físicas e biológicas e consultora e assessora técnico- científico a conservadores particulares e instituições. Conta ainda com várias publicações na área de conservação e restuaração.

Marcus Paulo Rycembel Boeira

Marcus Boeira é Professor-adjunto A vinculado ao Departamento de Direito Público e Filosofia do Direito da Faculdade de Direito da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Doutor em Ciências pela USP (Universidade de São Paulo) e Mestre em Direito pela Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo). Líder junto ao CNPq do "Núlceo de Pesquisas em Lógica Deôntica, Linguagem e Direito" (Grupo de Pesquisa-CNPq). Pesquisador (UFRGS). Áreas de abrangência: Segunda escolástica, Filosofia medieval e renascentista, Filosofia do Direito, lógica deôntica, filosofia analítica da linguagem, metafísica, epistemologia jurídica, linguagem jurídica e metodologia jurídica.

Mario Campora

Mario Campora é Professor de Direito Constitucional da Universidade de Buenos Aires e Assessor da Suprema Corte de Justiça da Nação Argentina. Profesor Adjunto (interino) en la materia “Elementos de Derecho Constitucional”, Ciclo Profesional Común de la carrera de Abogacía de la Facultad de Derecho de la Universidad de Buenos Aires. Abogado por la Facultad de Derecho de la Universidad de Buenos Aires (UBA), Junio 2003. Diploma de honor (Resolución n° 5689/05 del Consejo Superior de la UBA). Abanderado de Colación de Grado de la Facultad de Derecho (24 de octubre de 2003). Alumno de intercambio en la Faculté de Droit de l’Université Catholique de Louvain (UCL), Bélgica (1997-8). Maestría (LL.M.) New York University School of Law (NYU), Mayo 2005. Orientación en Derecho Público (Philip E. Semel `23 Scholarship y Dean’s Graduate Award 2004-05 Scholarship, becas otorgada por mérito académico), 2004-2005. Advanced Course on the International Protection of Human Rights, Abo Akademi University, Abo, Finlandia, Agosto-Septiembre 2010. Curso de posgrado de Economía Ambiental, Facultad de Ciencias Económicas de la Universidad Católica Argentina (UCA), marzo-julio 2011.

Mirella Stampa Barracco

Mirella Stampa Barracco é Presidente e uma das fundadores da Fundação Nápoles Noventa e Nove Com sede em Nápolis a Fundação foi criada em 1984 para com o objetivo prioritário de contribuir para a conscientização, promoção e valorização do patrimônoi cultural de Nápolis e da região sul da Itália (Mezzogiorno d'Italia). Sob sua tutela contamos ainda com os projetos "A escola adota um monumeto ® www.lascuolaadottaunmonumento.it, restauro dos principais monumento da Itália. www.napolinovantanove.org, Parque literário nos viajantes do Grand Tour www.oldcalabria.org e o Museu Narrativo da Imigração La Nave de Sila www.lanavedellasila.org

Norberto Levinton

Arquiteto e Doutor em História. Especializou-se no tema da influência dos jesuítas e franciscanos na conformação espacial e cultural da mesopotâmia argentina, no Paraguai e no Rio Grande do Sul. Escreveu numerosos artigos e livros sobre sua especialidade. Ele ensinou História da Arquitetura no nível de graduação e pós-graduação na Faculdade de Arquitetura, Design e Urbanismo da Universidade de Buenos Aires. Bolsista do Ministério da Cultura da Espanha como hispanista estrangeira. Ph.D. Thesis Jury. Ele foi conselheiro do Projeto Binacional Yacyretá.

Patrícia Trunfo

Patrícia Trunfo é Advogada da União, Mestre em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, Presidente da AVFV e Membro da Comissão Executiva da Escola da AGU/RS, além de Professora da Escola Superior da Magistratura Federal – ESMAFE, e Professora de Direito Processual Civil e Constitucional em Cursos de Especialização/Pós-Graduação, autora de Artigos Doutrinários Publicados em Revistas e Obras Jurídicas, bem como dos Livros A Lei dos Juizados Especiais Federais interpretada”, Editora Forense e “Recursos no Processo Civil, ed. Verbo Jurídico.

Regina Andrade Tirello

Profª Dra. Regina Andrade Tirello (UNICAMP/SP/Brasil) apresentará “Formação do arquiteto para conduzir projetos de restauração do patrimônio arquitetônico", no dia 04.09, às 16:10h. Regina Andrade Tirello é doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (1999). Possui especialização em restauro de monumentos pelo Centro Studi per il Restauro dei Monumenti e Centri Storici del CECTI di Firenze e especialização em conservação e teoria do restauro de obras de arte pela Università Internazionale dell Arte di Firenze,além de diversos cursos de aperfeiçoamento na área da preservação de bens culturais na Università degli Studi di Bologna .Foi responsável criação e coordenação do programa Conservação e Restauração de Bens Arquitetônicos e Integrados do Centro de Preservação Cultural da Universidade de São Paulo (CPC-USP) de 1988 a 2009. Desde 2004 é docente da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetur

Roberto Tonéra

Roberto Tonéra formou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (1985), com especialização em Engenharia Civil (2002), sendo desde 1989 o arquiteto responsável técnico pelas fortalezas gerenciadas pela UFSC. Também atuou como chefe da Divisão Técnica no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN/SC no período de 1992 a 1996. Criador e coordenador do Projeto Fortalezas Multimídia (1995), é autor, entre outros trabalhos, do CD-ROM Fortalezas Multimídia (2001) e co-autor do livro As Defesas da Ilha de Santa Catarina e do Rio Grande de São Pedro em 1786 (2015). Atualmente é chefe da Divisão de Restauração da Coordenadoria das Fortalezas da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC e coordena o projeto Banco de Dados Internacional sobre Fortificações: www.fortalezas.org.

Tiago Holzmann da Silva

presidente@caurs.gov.br

 

REALIZAÇÃO

APOIADORES

PATROCINADORES

CON
TA
TO