Cardea

RESUMOS APROVADOS

CLIQUE AQUI PARA VIZUALIZAR A LISTA

APRE
SEN
TA
ÇÃO

O I Seminário Internacional sobre Patrimônio Histórico vem dar continuidade ao trabalho realizado pela Associação Victorino Fabião Vieira (AVFV) de debate e discussão interdisciplinar dos assuntos relacionados ao Patrimônio Histórico Arquitetônico.
Através do diálogo em âmbito internacional, entre as áreas de Educação e Legislação Patrimonial, Ciência da Restauração/Conservação e Turismo Cultural, a AVFV busca achar soluções práticas para os desafios da salvaguarda e manutenção do nosso Patrimônio Histórico.
O evento multidisciplinar contará com profissionais da Argentina, Chile, Colômbia, Espanha e Itália, todos com larga experiência internacional que irão fazer o contraponto com a nossa realidade através de estudos de casos locais comparados e debatidos em várias mesas temáticas.
A Associação Victorino Fabião Vieira tem como proposta possibilitar a toda a sociedade o contato com as pesquisas e trabalhos desenvolvidos nos meios acadêmico e profissional, para disseminar a cultura da preservação, possibilitando, assim, que cada cidadão possa ser um agente de transformação voltado a obtenção de uma cidade melhor. Para tanto, o evento está aberto a estudantes, leigos, acadêmicos e profissionais atuantes nas áreas de Arquitetura, Engenharia, Turismo, Educação, Direito, Museologia, Ciência da Conservação e áreas afins.

 

OR
GA
NI
ZA
ÇÃO

O I Seminário Internacional sobre Patrimônio Histórico é organizado pela Associação Victorino Fabião Vieira. O evento conta com a parceira da Escola da Advocacia-Geral da União/RS, IPHAN/RS e UFRGS.

COMISSÃO ORGANIZADORA
Presidente da Comissão Organizadora
Patrícia Trunfo
Membros
Lidia Garcia
Márcia Uggeri
Verônica Di Benedetti
COMISSÃO CIENTÍFICA
Presidente da Comissão Científica
Paulo Edi Rivero Martins (UFRGS)
Membros
Jeniffer Cuty (UFRGS)
Lucas Graeff (UNILASALLE)
Marcelo Schenk Duque(UFRGS)
Nelson Nemo Franchini Marisco(UFRGS)
Rudimar Baldissera (UFRGS)
Thiago Sevilhano (UFPel)

 

GRU
POS

TEMÁ
TICOS

O evento conta com quatro eixos temáticos. São eles:

Grupo 2: Educação patrimonial

• A formação de profissionais para atuarem com o patrimônio
• Comunidade e meio acadêmico, como lidamos com esta interação?
• A mídia e a educação patrimonial
• Percepção social do termo patrimônio

Grupo 3: Direito Ambiental Cultural

• Tratados e Convenções Internacionais sobre Cultura e Patrimônio;
• A Proteção Constitucional do Patrimônio Histórico;
• Normatização infraconstitucional federal, estadual e municipal;
• A Proteção do Patrimônio Histórico no Direito Comparado

Grupo 4: Turismo cultural

• Roteiros históricos e seus reflexos na economia local
• Patrimônio Histórico e sua relevância econômica.

SUB
MI
ÇÃO

O evento deste ano trará como novidade a submissão de artigos nos quatros grupos temáticos.
A submissão apresentará duas modalidades:
Para baixar o edital para submissão clique AQUI.
Datas importantes:
Prazo de Envio do Resumo: 30.04.2019, para o e-mail: seminario@avfv.org.br
Divulgação dos Resumos Selecionados: 13.05.2019 
Prazo de envio do Trabalho: 05.06.2019; 
Divulgação dos Trabalhos selecionados para Apresentação no Seminário e dos Trabalhos selecionados para Publicação nos Periódicos apontados: 05.07.2019; 
Comunicação dos locais de apresentação e das Revistas de Publicação por artigo:
05.08.2019;
Valor de Inscrição para participar da seleção: R$ 164,00 (a ser pago após a aprovação do resumo) – Obs. Os inscritos que tiverem seus resumos selecionados estarão isentos de taxa de inscrição para participar do Seminário – com o pagamento pela participação na seleção para apresentação de trabalhos, estarão automaticamente inscritos no Seminário.

 

INS
CRI
ÇÃO

Confira abaixo o período para realização das inscrições para participar do evento.
Modalidade Até 01/05/2019 A partir de 02/05/2019
Sociedade em geral R$ 92,00 R$ 128,00
Estudantes R$ 47,00 R$ 65,00
Profissionais R$ 92,00 R$ 128,00
Maiores de 65 anos R$ 47,00 R$ 65,00
Participação Virtual R$ 65,00 R$ 92,00
Associados AVFV isentos isentos

As inscrições deverão ser realizadas através da plataforma da Event Brite

 

PRO
GRA
MA
ÇÃO

Dia 04 de setembro de 2019

9h - Abertura do Evento – Autoridade Sisserone – Exmo. Sr. Reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Prof. Dr. Rui Vicente Oppermann

9:20h– Painel de Abertura (9h10): - A Proteção do Patrimônio Histórico - a Importância dos Atores Sociais – Patrícia Trunfo – Presidente da AVFV

Superintendente do IPHAN no RS.

10h - Intervalo

1º Painel (10:15): “O debate internacional sobre a valoração econômica do Patrimônio Cultural: algumas considerações éticas e econômicas"– Profª Dra. Cecília Santinelli (Itália)
(11:10): - Escultura Pública Nacional – Prof. Me. José Francisco Alves, Historiador e Escultor (RS).
Presidente de mesa: Márcia Uggeri Maraschin – Advogada da União, Diretora da Escola da AGU/RS

Intervalo – 12h

(14h): – Grupo de Trabalho – Apresentação de Artigos (Horário destinado a apresentação de 4 painéis consecutivos)
Coordenação: Profª Dra. Jeniffer Cuty

Intervalo – 15h

2º Painel (15:15) – (Educação Patrimonial) Projetos de cooperação internacional: programas educacionais em Restauração e Conservação do Patrimônio – Prof. Dr. Andrea Papi (Itália)
16:10h – Formação do arquiteto para conduzir projetos de restauração do patrimônio arquitetônico. Prof.ª Dr.ª Regina Tirello UNICAMP (SP)
Presidente de Mesa: Arquiteto Jorge Luís Stocker Jr. – Membro do Icomos

17h – Palestra – (educação patrimonial) Progetto La Scuolla Adotta um Monumento - Mirella Stampa –– Fondazione Napoli Novantanove (Itália)
Presidente de Mesa – Me. Verônica Di Benedetti – Arquiteta, Conselheira Cultura da AVFV.

17:50 - Encerramento

Dia 05 de setembro de 2019

1º Painel (9:00): Biodeterioração e outras patologias em edifícios da cidade : Cyanobacteria e Crosta Negra – Prof. Drª. Marcela Cedrola (Argentina).
9:50min – Os 280 anos das fortalezas da Ilha de Santa Catarina e os 40 de gestão desse patrimônio cultural pela UFSC – Arquiteto Roberto Tonéra (UFSC)
Presidente de mesa: Profª Me. Hilda Simões Lopes Costa – Advogada e Socióloga

10:40h - Intervalo

(11h): – Grupo de Trabalho – Apresentação de Artigos (Horário destinado a apresentação de 3 painéis consecutivos)
Coordenação: Prof. Me. Nelson Nemo Franchini Marisco - Procurador-Geral Adjunto de Domínio Público, Urbanismo e Meio-Ambiente de Porto Alegre

Intervalo – 12h

2º Painel (14h): Convenções da ONU sobre Proteção do Patrimônio Cultural – Referências de aplicabilidade na Europa e nas Américas – Prof. Dr. Mario Campora Professor de Direito Constitucional da Universidade de Buenos Aires; Secretario Letrado de La Corte Suprema de Justicia de La Nación Argentina (Argentina)
14:50: Proteção do Patrimônio Histórico no Direito Brasileiro - Prof. Dr. Marcelo Duque – Advogado (RS)
Presidente de mesa: Prof. Dr. Daniel Martini - Coordenador do Centro de Apoio operacional de Defesa da Ordem Urbanística e Questões Fundiárias do Ministério Público do RS.    

Intervalo – 15:40

3º Painel 16h – Restauro do Museu de Rio Grande – uma Nova Proposta Museográfica - Arquiteto Luiz Fernando Rohden (RS)
16:50 – Planejamento Urbano e Patrimônio Histórico Edificado – o Diálogo entre o novo e o antigo – Prof. Me. Tiago Holzmann da Silva – Arquiteto – Presidente do CAU/RS
Presidente de mesa: Profª Me. Simone Back Prochnow - Arquiteta

17:40 – Encerramento.

Dia 06 de setembro de 2019

1º Painel (9:00): As Missões Jesuítas e sua influência na formação da Cultura Nacional - Prof. Dr. Luiz Antônio Bolcato Custódio
9:50min A Influência dos Jesuítas e Franciscanos na Conformação espacial e cultural da Mesopotamia Argentina, Paraguaia e Gaúcha – Prof. Dr. Norberto Levinton (Argentina) 
Presidente de mesa: Arquiteta Renata Galbinski Horowitz, Diretora do Iphae/RS

10:40h - Intervalo

(11h): – Grupo de Trabalho – Apresentação de Artigos (Horário destinado a apresentação de 3 painéis consecutivos)
Coordenação: Prof. Dr. Paulo Edi Rivero Martins

Intervalo – 12h

2º Painel (14h):– – La arquitectura que nos queda – Josep Maria Botey (Espanha)
14:50: Os Institutos de Proteção e o Turismo Cultural no Brasil – Robson Antônio de Almeida (Brasil)
Presidente de mesa: Profª. Dra. Suzana Gastal – Profª do Programa de Pós-Graduação em Turismo e Hospitalidade (Mestrado e Doutorado) da UCS. 

Intervalo – 15:40

16:00 Palestra - Cultura no combate ao crime – o modelo de Medellín – Jorge Melguizo (Colômbia)
Presidente de mesa: Profª. Beatriz Araújo – Secretária da Cultura do RS 

16:50 – Encerramento Especial!!!

20h – Saída para São Miguel das Missões – Passeio de Sexta, 06.09, à domingo, 08.09 - opcional

 

 

PA
LES
TRAN
TES

José Francisco Alves

Prof. de Escultura do Atelier Livre Xico Stockinger, Doutor e Mestre em História e Crítica de Arte, Especialista em Gestão do Patrimônio Cultural. Membro da AICA, ICOMOS e ICOM. Mantém o site www.public.art.br. Possui vários publicações na área da história da arte.

Mirella Stampa Barracco

Mirella Stampa Barracco é Presidente e uma das fundadores da Fundação Nápoles Noventa e Nove Com sede em Nápolis a Fundação foi criada em 1984 para com o objetivo prioritário de contribuir para a conscientização, promoção e valorização do patrimônoi cultural de Nápolis e da região sul da Itália (Mezzogiorno d'Italia). Sob sua tutela contamos ainda com os projetos "A escola adota um monumeto ® www.lascuolaadottaunmonumento.it, restauro dos principais monumento de Nápoles Napoli www.napolinovantanove.org, Parque literário nos viajantes do Grand Tour www.oldcalabria.org e o Museu Narrativo da Imigração La Nave de Sila www.lanavedellasila.org

Luiz Fernando Rohden

Formado em arquitetura, pela Universidade Federal do Rio grande do Sul (1981), Especialista em conservação e restauração de monumentos e conjuntos históricos, pela Universidade Federal da Bahia (1984), possui mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1996) e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia (2005). Pos doutor pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2013). Ex professor da Universidade Feevale e ex arquiteto do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em restauração e conservação de bens culturais, história da arquitetura e do urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: urbanismo, arquitetura, patrimônio, século xviii e século xix. Atualmente exerce suas atividades na empresa Recyklare.

Norberto Levinton

Arquiteto e Doutor em História. Especializou-se no tema da influência dos jesuítas e franciscanos na conformação espacial e cultural da mesopotâmia argentina, no Paraguai e no Rio Grande do Sul. Escreveu numerosos artigos e livros sobre sua especialidade. Ele ensinou História da Arquitetura no nível de graduação e pós-graduação na Faculdade de Arquitetura, Design e Urbanismo da Universidade de Buenos Aires. Bolsista do Ministério da Cultura da Espanha como hispanista estrangeira. Ph.D. Thesis Jury. Ele foi conselheiro do Projeto Binacional Yacyretá.

Roberto Tonéra

Roberto Tonéra formou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (1985), com especialização em Engenharia Civil (2002), sendo desde 1989 o arquiteto responsável técnico pelas fortalezas gerenciadas pela UFSC. Também atuou como chefe da Divisão Técnica no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN/SC no período de 1992 a 1996. Criador e coordenador do Projeto Fortalezas Multimídia (1995), é autor, entre outros trabalhos, do CD-ROM Fortalezas Multimídia (2001) e co-autor do livro As Defesas da Ilha de Santa Catarina e do Rio Grande de São Pedro em 1786 (2015). Atualmente é chefe da Divisão de Restauração da Coordenadoria das Fortalezas da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC e coordena o projeto Banco de Dados Internacional sobre Fortificações: www.fortalezas.org.

Cecilia Santinelli

Doutora em História da Arte e Conservação do Patrimônio Artístico. Especializada em Economia e Gestão do Patrimônio Cultural e de Museus pela Universidade de Economia de Florença. Ele vive e trabalha entre Florença e Roma. Atuou no Ministério do Patrimônio Cultural em atividades de turismo para a Biblioteca Nacional de Etnia e Patrimônio Italiano. Atuou no setor de antiguidades e é especialista em arte nno ramo de seguros internacionais. Lecionou nas seguintes disciplinas: "Técnicas de Conservação do Patrimônio Cultural", "Teoria de Ética e Restauração" e "Crítica de Restauração e Museologia" na Universidade de Florença.Desde 2004, tem sido um consultora sênior: museus, cultura e criatividade para várias instituições internacionais, entre elas: UNESCO atuando na Palestina, Israel, Líbia, Egito; e o IILA (Istituto Ítalo Latino Americano) no Brasil, Uruguai, Argentina, Peru, Chile, Equador, Cuba, Paraguai, Costa Rica. Para IILA tem organizado programas internacionais " Proteção do tráfego das obras de arte legais " em colaboração com o Património e il Ministero dei delle Attività culturali e Turismo (MIBACT) e a Polícia para a Proteção do Patrimônio Cultural (CC TPC).Possui diversas publicações sobre Museologia e conservação, turismo ambiental e patrimônio; e Gestão e valorização do património cultural.

Marcela Cedrola

Bioquímica pela Universidad de Buenos Aires ( UBA), possui vários e trabalhos na área da ciência da conservação de patrimônio histórico. Destaca o cargo de consultora científica no Departamento de restauração e Museu da Camara de Deputados da Argentina, Assessora científica Ad-Honorem da Comissão Nacional de Monumentos e Lugares Históricos da Argentina, Coordenação da Recuperação do Patrimônio Cultural- Ministério de Economia e Finanças da Argentina- Área técnica - pesquisa em análises químicas , físicas e biológicas e consultora e assessora técnico- científico a conservadores particulares e instituições. Conta ainda com várias publicações na área de conservação e restuaração.

Andrea Papi

Doutor em Química pela Universidade de Firenze em 1972.
De 1978 a 2004 è direttore academico do Instituto para Arte e Restauro ( Firenze) .
Desde 2004 trabalha como consultor no campo de projeto de laboratórios de restauro e de cursos de formação de restauradores em várias partes do mundo.  Tem em seu currículo projetos para as seguintes instituições: IILA (Istituto Italo-Latino Americano ): Brazil, Uruguay, Paraguay,  Cile, Ecuador, Cuba, Costa Rica,UNESCO• IILA (Instituto ítalo-latino-americano): Brasil, Uruguai, Paraguai, Chile, Equador, Cuba, Costa Rica, UNESCO: Bibliotheca Alexandrina, Alexandria, Egito;  Al Aqsa mesquita de Jerusalém; Iêmen; Istambul), Ministério das Relações Exteriores: Irã, Sérvia, Turquia, Paquistão, Chipre, Egito,  Ministério do Trabalho e Políticas Sociais: Brasil, Israel entre outras instituições no Japão, Chipre, México, Brasil

 

REALIZAÇÃO

APOIADORES

CON
TA
TO